sábado, 20 de outubro de 2012

A Soares custou-lhe muito o corte na sua Fundação...

...e por isso continua ao ataque como se pode ler aqui. Defendo a intervenção cívica de todos os portugueses, mas quando uma personalidade perde milhões de euros do Estado (Governo e autarquias) que recebia há anos e anos para a Fundação Mário Soares, isso para mim não se chama intervenção cívica, chama-se voz da algibeira.

Sem comentários:

Publicar um comentário