quinta-feira, 4 de outubro de 2012

O debate de ontem entre Obama e Romney

Vi, em directo, os primeiros 45 minutos do debate entre Obama e Romney. A generalidade da imprensa e a própria equipa do Presidente, reconhecem a vitória do adversário.

O que posso dizer é simples: este Obama não é o de 2008. Há quatro anos, sentia-se a sua alma e o seu discurso vibrante de mudança. O de 2012 é um homem cansado, sem força vital, um político como os outros, que não cumpriu muitas das suas promessas.

Romney estava preparado. Depois das saudações, avança com um exemplo de uma pessoa com quem falou...no Ohio. O estado chave destas eleições. Depois avançou com determinação o seu plano para a economia, explicou alguns equívocos e martelou em duas teclas: criar empregos e proteger a classe média, algo para o coração dos indecisos.

Romney estava forte, Obama criou a percepção que não era ele que estava ali. Por isso perdeu.

Sem comentários:

Publicar um comentário