quarta-feira, 3 de outubro de 2012

A fraude do BPN custa a todos nós e continua sem responsáveis

Ao ler esta notícia do Público, vemos que a intervenção do Estado sobre o BPN já custou 3405 milhões de euros, mas pode vir a custar 6509 milhões.

Anda um povo a ser estrangulado para tapar o buraco de um banco de vigaristas, onde Cavaco Silva teve mais valias com acções que possuiu. Nunca o Estado devia ter dado cobertura a esta canalha que nos faz agora pagar esta fraude.

E o mais grave de tudo é que só Oliveira e Costa aparece na lista dos responsáveis, apesar de andar ao fresco. É uma vergonha nacional que estimula a revolta dos portugueses que bem gostariam que todos os responsáveis fossem presos e responsabilizados criminal e financeiramente.

Sem comentários:

Publicar um comentário