quarta-feira, 8 de maio de 2013

A esquerda adora temas fracturantes e esquece o essencial

«A legalização do cultivo de canábis para uso pessoal e a criação de clubes específicos para o consumo constam de um projeto de lei apresentado pelo Bloco de Esquerda e que hoje será discutido no Parlamento», leio no CM.

A esquerda, a mais esquerdóide, não perde a oportunidade de entrar nos temas fracturantes. Adoram-nos. O problema é o de sempre, desviar as atenções do essencial. Gostava de ouvir, e não ouvi até agora, propostas concretas da brigada dos costumes do Bloco de Esquerda como alternativa para a crise.

Não basta dizer que tem de se correr com o Governo, mas sim apresentar propostas credíveis que agradem às pessoas e sejam importantes para ultrapassar a crise. Os portugueses desejam isso e não a criação de clubes para fumar erva, não consta que este tema seja prioritário.

Sem comentários:

Publicar um comentário