sábado, 4 de maio de 2013

Ramalho Eanes´é o Mandatário de João Cordeiro em Cascais

Leio hoje no Expresso e Correio da Manhã e ouvi na TSF que o general Ramalho Eanes será o mandatário de João Cordeiro em Cascais. Um dos homens que mais respeito pela sua carreira ao serviço de Portugal, um homem sério, credível, honesto e sensato, apoia claramente um independente com obra feita. É bom para a democracia e é muito bom para Cascais.

Para uma terra que não tem tido sorte com os seus presidentes, mas que é uma das mais belas terras de Portugal, com potencialidades únicas, ter a sorte de ter um candidato como João Cordeiro é muito importante.

Ele comandou a Associação Nacional de Farmácias durante mais de 30 anos. Transformou uma série de micro-empresas, que são as farmácias, que estavam distribuídas por todo o País numa corporação forte, moderna e unida. Na ANF, em defesa da sua dama, combateu todos os Governos sem excepção. E foram épicas algumas das suas batalhas.

É a sua capacidade de liderança, de combate, que motivaram, julgo eu, o PS para o convidar para liderar uma candidatura à terra onde nasceu. João Cordeiro é independente, tem mérito e reconhecida competência. Algo que muita falta faz à política em Portugal.

Cascais é governada por uma coligação PSD/CDS, tal como o Governo actual de Portugal. António Capucho, um nome de prestígio, por motivos de saúde, abandonou a autarquia, deixando-a nas mãos do seu número 2, um político profissional que apenas tem a contabilidade da cerveja de Sousa Cintra, que foi à falência, no currículo, pois de resto é um político como todos os outros políticos que nada fizeram na vida a não ser cacicar votos e depois mordomias para os seus "boys".

Será muito difícil a João Cordeiro ganhar esta câmara, tradicionalmente de centro-direita, mas o combate saudável contra a impunidade dos políticos tradicionais e por melhor gestão da autarquia é algo que os cascalenses, pelo menos, vão agradecer.

Sem comentários:

Publicar um comentário