segunda-feira, 16 de setembro de 2013

A quem mais se mente no mundo

«Os Africanos, menos estimados do que nunca, parecem-me ser as pessoas do mundo a quem mais se mente - são manipulados pelos próprios governos, queimados pelos especialistas estrangeiros,, iludidos pelas instituições de solidariedade e enganados em tudo. Qualquer chefe africano era um ladrão, mas os evangélicos roubaram ao povo a inocência e as organizações não-governamentais deram-lhe falsas esperanças, o que ainda é pior»

Paul Theroux, em "Viagem por África", edição Quetzal

Sem comentários:

Publicar um comentário