segunda-feira, 9 de setembro de 2013

As deformações do jornalismo

«O jornalismo, que para mim foi muito útil, sofre agora uma deformação monstruosa: o "amarelismo". A obsessão pelo escândalo converteu-se numa forma mais de entreter que de informar. De entreter através do espectacular, do chamativo, do escandaloso e, muitas vezes, se não têm informações com essas características, fabricam-se. Há gente que vive disso e que goza com isso, mas eu creio que isso é uma depravação do jornalismo do nosso tempo».

Mario Vargas Llosa, ontem em entrevista à revista do El Mundo

Sem comentários:

Publicar um comentário