quarta-feira, 11 de setembro de 2013

O exemplo da Noruega

A direita venceu as eleições legislativas, mas não é o resultado que me interessa. O importante salientar é que os noruegueses não estavam desagrados com o anterior primeiro-ministro, Jens Stoltenberg, que sai de cena com o país bem governado, com um superior nível de vida, a taxa de desemprego é praticamente inexistente e a economia apresenta números de excelência.

A Noruega tem petróleo, é um facto mas tem um bom Governo. E sobretudo, é isso que saliento, uma sociedade que satisfeita com a sua governação entende, com maturidade, que importa renovar o poder para que não se criem maus hábitos e rotinas que levem à corrupção. E se correr mal, mudam. É simples a democracia.

Sem comentários:

Publicar um comentário