sexta-feira, 6 de setembro de 2013

O TC e as eleições autárquicas: só em Portugal...

«O Tribunal Constitucional já decidiu sobre a Lei de Limitação de Mandatos. O limite é apenas territorial, pelo que os candidatos com três ou mais mandatos autárquicos podem concorrer a outro município», entre aspas porque é retirado da notícia do Público.

Estas autárquicas não estão a cativar ninguém, os media estão pouco interessados e as pessoas ainda menos. Durante meses o único acompanhamento mediático era dado às questões que envolviam o TC na limitação de mandatos e na limitação, ou não, de autarcas se recandidatarem noutros municípios.

Primeiro, a lei foi mal feita e mais uma vez o Parlamento tem de aprender a fazer melhor, porque era pouco explícita. Depois, é ridículo que durante meses se tenha andado neste folclore em que mais uma vez o TC é parceiro de dança. Meses e meses para se chegar uma conclusão que era fácil de tirar, se quisessem que fosse fácil.

Portugal está refém de anomalias, de decisões sem sentido, de protagonistas que não podem ser protagonistas. Os portugueses assistem a este espectáculo e só podem entender como entretenimento. E é lamentável que o TC e a política se tornem, única e exclusivamente, entretenimento. Pois cada vez menos são levados a sério.

Sem comentários:

Publicar um comentário