sábado, 19 de outubro de 2013

O milagre de Fátima

O título deste post é da revista Notícias TV - que é a melhor do mercado sobre televisão - do DN. A Fátima deste milagre é Fátima Campos Ferreira.

A reportagem vem a propósito dos 11 anos de existência  do programa Prós e Contras da RTP e como diz a jornalista, «este programa é uma marca forte, uma âncora do serviço público». E é.

Nenhum canal generalista tem este formato de debate aberto, com múltiplas personalidades, com ilustres ou menos ilustres, mas que no momento certo debatem os temas que afligem a Nação. Isso é serviço público, é a missão da RTP e rompe com o "cliché" das novelas e programas de imbecis em canal aberto.

Mérito da Fátima Campos Ferreira que com o tempo se tornou uma das caras de proa da RTP. Alguns a criticam por excesso de teatralização ou até na escolha dos convidados ou das assistências, mas hoje vivemos numa sociedade aberta em que as opiniões são publicadas por qualquer um nas redes sociais.

Posso dizer o que eu acho sobre ela, mas não a conheço bem e analiso pelos meus "feelings" que vêm da experiência de muitos anos de jornalismo e comunicação. Se calhar, como dizem os americanos, não é uma "natural". Mas mais importante do que ter um dom e desperdiça-lo, é construir uma carreira a pulso, com trabalho, com esforço e abnegação.

A Fátima Campos Ferreira é uma "self made woman" da televisão, merece o reconhecimento pelo seu trabalho e é uma figura incontornável da televisão portuguesa. Que ela e o "Prós e Contras" continuem por muitos anos.

Sem comentários:

Publicar um comentário