terça-feira, 15 de outubro de 2013

Um Governo de um ministro

Este Governo comete demasiados erros. Ainda ontem falava da irritação de Paulo Portas que esteve bem no domingo a explicar uma medida que a equipa das Finanças tinha passado estupidamente para os jornais, por vingançazinha mas, sobretudo, com inépcia e incompetência.

Todos os ministros já erraram. Por exemplo, Miguel Macedo tem passado entre os pingos da chuva sem se pronunciar sobre a agressão de um treinador a um elemento da PSP, força policial que tutela. Será que é aceitável para um ministro que se agrida, como a queixa da PSP reconhece, um polícia?

Mas passando à frente, de todo o elenco governativo destaco um ministro, Paulo Macedo. O que tem actuado melhor, o que tem neste momento a melhor reputação junto dos portugueses - e gerindo um sector muito difícil - e que como leio hoje no CM não teve pejo em arrasar a equipa das Finanças. É nele que o Governo tem de apostar para ser a sua cara e mais nada.

Sem comentários:

Publicar um comentário