terça-feira, 9 de novembro de 2010

Lisboa sem árvore de Natal e os gastos do costume

Há poucos dias ficámos a saber que este ano não há árvore de natal em Lisboa, por ausência de patrocinadores.

É uma perda para muitas famílias que por ali gostavam de passear e ver a sua iluminação e é menos uma imagem bonita de Lisboa para guardar.

Mas registo, sobretudo, e apesar da crise, que as marcas acham que não é relevante este investimento. Em termos de comunicação fica a nossa cidade a perder e a marca patrocinadora também.

É um sinal a ter em conta. Esta separação das marcas, da capital do país. E a minha certeza que vem de há muito, pelo menos 8 anos, que Lisboa precisa de um director comercial e de marketing que saiba gerir os seus espaços e criar novas oportunidades de receita (voltarei a este assunto noutra altura).

E uma nota diferente: vejo aqui no Público, que vamos continuar a gastar à grande no Natal, e consumimos mais do que na Holanda e na Alemanha. É outro sinal preocupante.

Sem comentários:

Publicar um comentário