domingo, 26 de junho de 2011

Duas expectativas mediáticas

1- Hoje leio que vários distritos estão em alerta máximo de incêndio. Não sei se se recordam, mas sempre que o PSD esteve no Governo, especialmente com Durão Barroso, os canais televisivos deram horas de directos e de intensas coberturas noticiosas sobre os fogos que lavravam em Portugal. A ideia era que o País estava a arder, era um campo de ataque mediático que se explorava. Depois, veio José Sócrates e, subtilmente (ou talvez não) as televisões perderam o interesse na cobertura de incêndios um espectáculo que garante audiências fruto das preocupações naturais que motiva. Vamos ver como vai ser agora.

2- Há uns anos atrás a TVI tornou um funeral de um jovem dos Morangos com Açucar, um acontecimento nacional com tranmissão em directo. Hoje, outro jovem ex-Morangos, Anjélico Vieira, faz manchetes de quase todos os jornais com a sua luta pela vida depois de um grave acidente de que foi vítima. Desejando que o jovem se restabeleça rapidamente, aguardo para ver o espectáculo que a TVI já deve ter montado para os seus jornais.

Sem comentários:

Publicar um comentário