terça-feira, 28 de junho de 2011

Protesto-cidadão em Lisboa e memórias

Durante uns tempos Lisboa viveu diariamente sobre o crivo dos "cidadãos" e da imprensa local, era um tempo em que havia obra e uma visão clara para Lisboa.

Nesses tempos tínhamos "cidadãos" a fazerem protestos por tudo e por nada e todos os dias vinha uma acção judicial só para prejudicar a marcha das coisas, um bom exemplo foi a questão do Túnel do Marquês.

Nesses tempos, havia um jornal dito "local", a Capital que atacava a CML, tínhamos uma jornalista do DN a acompanhar a tempo inteiro, uma secção de Lisboa só para assuntos de Lisboa no JN com 5 jornalistas, uma secção de local do Público com 5 jornalistas em cima de Lisboa e o CM sempre atento.

Por acaso (ou não) desde Julho de 2004 as coisas mudaram. Os media estão-se marimbando para Lisboa e os protestos "cidadãos" também desapareceram misteriosamente.

Hoje, ninguém diz claramente que em 4 anos de gestão (a celebrar em Agosto) António Costa, não há nada de marcante deste actual executivo camarário, Lisboa desapareceu das agendas mediáticas. Digam-me sff: qual é a obra marcante da gestão PS em Lisboa?

Felizmente o Manuel Falcão decidiu encetar um verdadeiro protesto - sem partidarismos - acerca das condições que a cidade oferece aos motociclistas. Pode ser que os jornalistas se voltem a interessar.

Sem comentários:

Publicar um comentário