sexta-feira, 20 de abril de 2012

O meu comentário no Jornal de Negócios sobre a comunicação do Governo

O Jornal de Negócios, hoje, publica e é primeira página um dossier sobre a comunicação do Governo. Decidiu-me ouvir a mim, ao José Manuel Diogo e a outro cavalheiro. O que disse foi isto: «Pedro Passos Coelho tem o seu rumo e a sua maneira de ser e não liga muito a pormenores de comunicação. No entanto, não está bem resguardado pois têm acontecido diversas falhas de comunicação que resultam de uma débil articulação política. Qualquer falha comunicacional afecta quem a produz e no final, naturalmente Pedro passos Coelho» «No anterior governo conhecíamos o centro político e comunicacional, hoje ele está muito disperso e não depende tudo de S: Bento como no tempo de Sócrates. Por ser mais difuso, esse poder, comunicacionalmente é mais difícil de controlar» «Julgo ser um erro o actual Governo contar com a colaboração de uma agência que trabalhou, quase em exclusividade, nos últimos tempos, com José Sócrates. Se fazem a purga de Sócrates no discurso e na acção então que expurguem tudo mesmo»

Sem comentários:

Publicar um comentário