domingo, 15 de abril de 2012

Os abutres no Sporting

Quando se junta a ambição cega com a volúpia do poder, muita gente perde o tino. Paulo Pereira Cristóvão suspendeu o mandato, Godinho Lopes diz que tem confiança na sua inocência, mas logo se jogou uma guerra de bastidores para ver quem ficava com os seus pelouros.

Não gosto que a política se misture com o futebol, e neste caso são Rui Paulo Figueiredo, deputado do PS, e Ricardo Tomás, do conselho de jurisdição do PSD, mas com mais pretensões, quem se estão a degladiar numa quezília interna, que mete chamadas de madrugada e outros interesses pelo meio, para ocuparem o espaço de PPC.

Quando mete poder, os abutres esquecem as solidariedades...

Sem comentários:

Publicar um comentário