quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

A importância das palavras

Sempre liguei à importância das palavras. Quem trabalha em comunicação deve estar atento às audiências, às tendências.

Para isso, logicamente, é preciso ter algum talento e ler o que se passa. Quando me refiro a ler, não toco apenas na leitura de jornais e de livros. Toco na leitura dos movimentos da sociedade.

Por isso, se estiverem atentos, vão ver que, em breve, o CDS, vai trocar a palavra videogilância (e foram eles que mais se bateram por isso em Portugal, nomeadamente o meu amigo Nuno Magalhães, o deputado mais conhecedor da área de segurança da Assembleia da República) por outra.

Vão começar a falar em videoprotecção. Porquê?

Porque todas as pessoas querem ser protegidas, mas odeiam ser vigiadas.

Autor da mudança: Paulo Portas; Fazedor: Nuno Mgalhães; Inspirador: Nicolas Sarkozy.

E assim se compreende a importância das palavras.

Sem comentários:

Publicar um comentário