sábado, 20 de fevereiro de 2010

Alexander Haig

Vejo pelo blog do Nuno Gouveia, o Era uma vez na América, que recomendo, que morreu o Alexander Haig.

Disse-se dele que podia ter sido o "garganta funda" pois era um homem conspirativo e ambicioso.

Para quem já leu os diários de Ronald Reagan vê-se como no seu primeiro mandato ele era um dos mais instáveis e que mais trabalho deu a um dos melhores presidente americanos.

Vaidoso, sempre com imagem cuidada, era tido como um dos falcões conservadores oriundos das Forças Armadas, foi muitas vezes falado para a Casa Branca mas nunca teve aliados porque jogava apenas para si próprio. Juntamente com Kissinger e james Baker é um dos homens de poder americanos que recordava muitas vezes.

Sem comentários:

Publicar um comentário