quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

União de facto (4)

Sobre o resultado do casamento (a acontecer) entre a Yn e a Torke a melhor maneira que posso resumir é a seguinte.
Anteontem, enquanto lia os diários de Ronald Reagan, tinha a televisão na Globo e parei para ouvir uma história contada pelo Jô Soares. A do pavão e do urubú.
O Pavão é uma ave linda de morrer, a mais bonita das aves, mas tinha um trauma porque não voava. E conheceu o Urubú, a ave mais feia entre todas, mas que voava como ninguém.
Cada um avaliou os seus pontos fortes e fracos. E cada uma das aves tinha o que a outra não tinha.
Uma era linda-mas não voava
Outra era feia-mas voava
Então Pavão e Urubú decidiram acasalar para juntar o melhor dos dois: a beleza e a capacidade de voar.
Dessa união resultou......o Perú.
Esta é apenas uma história do Jô, não sei o que vai sair da união Yn/Torke, desejo felicidades ao líder da Torke, mas para a Yn é um excelente movimento para a Torke não.
E eu habitualmente tenho razão antes de tempo.

PS: o título deste post foi-me sugerido por uma “júnior”

Sem comentários:

Publicar um comentário