terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Mourinho

José Mourinho faz hoje anos. Ele é um Special One, o melhor treinador do mundo e um líder inspirador.
Duro, agressivo, arrogante, autoconfiante, profissional, competente (tudo valores que gosto) mas dizem que pessoalmente muito simpático, cordial e homem de família.
Deixo dois momentos à Mourinho.
Há duas semanas o Inter bateu o Siena por 4-3. Mas as coisas estavam mal paradas, olhou para o banco e não tinha ninguém para atacar a vitória. Olhou para o banco e viu um defesa, Walter Samuel. Decidiu colocá-lo no ataque e acabou por ser ele a marcar o golo do triunfo. No final disse: «já disse ao presidente Moratti que mais vale ter um treinador com sorte do que um bom treinador».
Na entrevista que deu ao Expresso, o Pedro Reis (Imago) escolheu para frase do dia outra, mas como lhe disse na altura a melhor foi esta. «o melhor modo de ser um motivador é ninguém ter mais motivação do que o motivador».
Escolhi estas para o homenagear, agora que ainda há poucos dias ganhou mais um prémio: o de melhor treinador em Itália, prémio que ele agradeceu muito por ter sido votado pelos jogadores do Calcio.

Sem comentários:

Publicar um comentário