terça-feira, 5 de junho de 2012

Há 3 anos: José Eduardo Bettencourt ganhava o Sporting

Não duvido do seu sportinguimos, mas duvido ainda menos da sua incompetência como presidente do Sporting. Foi o pior de que tenho memória.

Na linha do roquetismo, algo com que o Sporting ainda não soube romper o paradigma, dos mesmos notáveis de sempre, da banca de sempre, do conselho leonino de sempre, dos mesmos disparates de sempre após a saída de cena de João Rocha.

José Eduardo Bettencourt foi um presidente miserável, com um discurso ridículo, sem estratégia e com uma prestação no futebol abaixo de tudo. Foram os tempos de Costinha, de Tales, de Cristiano e afins.

Um presidente, o primeiro remunerado na vida do clube, que fica para a história de maracas na mão e calça branca. Um cavalheiro de triste memória e de triste figura.

Sem comentários:

Publicar um comentário