quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

69 de Reputação

A APECOM apostou nos prémios Reputação, algo que saudei na altura, apesar de não concorrer a nada, pois não compro prémios.

Vejo na Meios & Publicidade que foram 69 os trabalhos concorrentes a estes galardões. O que dá menos de 3 candidaturas em média por prémio (acho que são 25 no total). Logo, se calhar há prémios que não tiveram trabalhos apresentados e outros, se calhar, só tiveram uma candidatura.

Mas é um ponto de partida, no próximo ano serão por certo mais as candidaturas, não quero parecer destrutivo. Continuo sem perceber é como é que por exemplo o meu amigo Pedro Santos Guerreiro (dou este exemplo por amizade e o júri é respeitável e lá constam outros possíveis exemplos) vai escolher o consultor do ano.

Conhece todos os profissionais da LPM, ACV, GCI, Lift, Parceiros de Comunicação (dou o exemplo das cinco maiores consultoras de comunicação) e de outras empresas? Não, com certeza.

Quando se souber o resultado dos prémios vão ver que todos os amigos ficam satisfeitos, vai haver um premiozinho para todas as amizades e até ainda vai cair qualquer coisa nos seguranças.

Não faço parte da Apecom por isso não sei se seria convidado para a entrega, mas para facilitar as coisas aviso já que não poderei estar presente. Pois apesar de ainda não saber a data dessa entrega de galhardetes aos amigos, já tenho a minha agenda cheia para esse dia.

E tenho a certeza que os prémios de todos os consultores é terem a consciência tranquila de bom trabalho realizado diariamente e que cada vez mais a nossa profissão, de consultores de comunicação, seja reconhecida e valorizada. Quando assim for, todo o mercado e a APECOM merecem um Prémio Reputação.

Por isso respeitando o 69, «curioso número» como dizia Mota Amaral, e todos os profissionais envolvidos, mantenho que «o copo é pequeno mas só bebo do meu copo».

Sem comentários:

Publicar um comentário