quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Álvaro de Mendonça director de novos negócios da Cofina

Dou os parabéns por estas novas funções ao Álvaro de Mendonça. O meu segundo director e o que confiou em mim, miúdo, para fazer política e ser editor internacional do Semanário.

E a quem também estou grato por ter confiado no projecto que lhe apresentei em 1997 e que se veio a chamar "PM- Política Mesmo", revista de política de que o director foi Pedro Santana Lopes, presidente editorial a Helena Sacadura Cabral e eu o director-executivo, de Maio de 1997 a Março de 1998, após a minha saída ainda continuou com Duarte Lima até Setembro de 1998.

Em Maio de 1998 começava uma outra revista de política, a "Política Moderna", que durou até Outubro de 2001. Nesse grupo voltei a reencontrar o Álvaro na "Economia Pura" e "Marketeer". O Álvaro é um grande criador de conteúdos e um mestre, nunca o poderia deixar de saudar.

Sem comentários:

Publicar um comentário