sábado, 26 de fevereiro de 2011

Oráculo (232)

«Mas há a vida que há para ser vivida, há o amor. Há o amor. Que é para ser vivido até a última gota. Sem medo. Não mata»

Clarice Lispector

Sem comentários:

Publicar um comentário