segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

O fim do multiculturalismo

É um problema para as sociedades modernas, nomeadamente para as mais avançadas na Europa, ter um sistema agregador e que respeite a variedade étnica e cultural de outros povos.

David Cameron foi muito corajoso, na linha de Angela Merkel, a anunciar o fim do multiculturalismo que marca bastante a actual sociedade britânica.

«O Estado deve confrontar e não confraternizar com as organizações islâmicas que se mostram ambíguas perante os direitos humanos universais, incluindo os das mulheres e o respeito por outros credos. Necessitamos menos de tolerância passiva dos últimos anos e mais de um liberalismo musculado acivo», disse.

Sem comentários:

Publicar um comentário