sábado, 26 de fevereiro de 2011

O PSD e os independentes na Má Moeda

Ontem vi pela primeira vez a "Má Moeda", no Económico TV, programa com José Morais Cabral e Luís Paixão Martins que convidou o Miguel Relvas.

Conversa animada, não fosse o Miguel um excelente conversador, e muitas perguntas do Lpm sobre o PSD. Uma foi sobre um futuro Governo.

Miguel Relvas explicou que o PSD está a ouvir a sociedade civil e anunciou num bom soundbite uma «coligação com a sociedade»: Lpm pergunta-lhe se esse governo vai ter muitos independentes e o Miguel respondeu que estará aberto a independentes.

Não sei se o PSD, neste momento ávido de poder depois de duas vitórias de Sócrates, gostou muito de ouvir aquilo. Lembro-me bem de 1995.

Naquele tempo o PS chega ao poder pelas mãos de António Guterres e depois de uns Estados Gerais muito abertos integra em diversas esferas de poder independentes e "cristãos-novos". Lembram-se da contestação inicial do interior do PS contra essas figuras?

O PSD está a fazer bem em ouvir a sociedade civil mas tem de ter atenção na dose de independentes que apresentará. Terá de saber dosear bem.

Sem comentários:

Publicar um comentário