quinta-feira, 24 de maio de 2012

Godinho Lopes: «falhei esse objectivo» e uma mudança

Na segunda-feira após a vergonhosa derrota na Taça escrevi num post estas palavras: «E tal como nas vitórias o presidente deve ser responsável, nas derrotas também o presidente é responsável».

Numa carta que enviou ontem aos sócios Godinho Lopes diz o seguinte: «Sofremos esta semana uma enorme decepção, com a derrota na final da Taça de Portugal. Não vale a pena ignorá-lo e cabe-me a mim, como presidente, assumir a derrota.Já expressei o sentimento de tristeza que vivi no final do jogo e que partilhei com muitos adeptos».

Fez bem. É ao assumir as derrotas que, quando tiver vitórias, elas serão mais suas e confirmo, pois estava presente, que logo no dia do jogo perante adeptos anónimos como eu, o presidente mostrou a sua decepção. E naquele momento estava sozinho, tal como esteve no camarote muitas vezes sozinho, sem o apoio dos seus pares da direcção e das pessoas do futebol.

Ontem, também, o Sporting anunciou uma mudança. Trocou o seu director de marketing e comercial, Francisco Lopes, por Valdemar Barreto. Não conheço o segundo, mas tinha boa opinião pessoal do primeiro, que tinha boa visão de mercado e da Marca Sporting, mas não conheço os seus resultados, por isso não posso fazer um balanço.

Mas quero chamar a atenção para um erro comunicacional, algo que´se tornou banal em Alvalade. Quando se contratam pessoas não se lhes pode tirar, logo no anúncio, valor. E foi o que aconteceu pois ninguém percebe nada de comunicação no Sporting. Vejam o "take" da Lusa que reproduzo e o que diz a "fonte" do Sporting:

«23 mai (Lusa) -- O presidente do Sporting, Godinho Lopes, chegou a acordo com o diretor geral comercial, Francisco Lopes, para a sua substituição por Valdemar Barreto, que passará a ter a responsabilidade por essa área.

"Esse acordo foi conseguido há duas semanas. Godinho Lopes quis aproveitar a crise de mercado para ter alguém da mesma valia auferindo metade das remunerações de Francisco Lopes", disse à agência Lusa fonte do Sporting, considerando o projeto que Valdemar Barreto tem para a área comercial como "muito interessante".

Francisco Lopes entrou para o Sporting pela mão do então vice-presidente para a área comercial, do marketing e da comunicação, Carlos Barbosa, para desempenhar o cargo de diretor comercial, trabalhando em estreita colaboração com o atual presidente do Automóvel Clube de Portugal (ACP).»

Portanto, o Sporting contratou porque é mais barato. Foi o principal critério. Isto não se pode dizer, tira valor a quem é contratado. É com estas gestões de mercearia que se esquecem que, por vezes e em muitas áreas do nosso clube, o barato sai caro. A comunicação é uma delas.

Sem comentários:

Publicar um comentário