domingo, 6 de maio de 2012

"Rei" Mourinho entrevista e manchete do ABC

São quatro páginas, da 94 à 98, hoje no ABC, um dos três maiores jornais generalistas espanhois e exactamente o que está mais próximo dos meios monárquicos. Por isso, esta é a entrevista ao novo monarca do futebol espanhol. Deixo vários trechos:

Manchete/Primeira página: «Não sou politicamente correcto, sou um jovem de 49 anos»

Objectivo: «Importante não é treinar o (Real) Madrid, mas sim ganhar com o (Real) Madrid»

O convite de Florentino Perez: «Sou um enamorado do Inter e dos jogadores com quem ali trabalhei. Mas Florentino conseguiu seduzir-me com o seu projecto, com a sua mentalidade. E disse-me que a minha carreira ficava coxa se não treinasse o (Real) Madrid»

Modelo: «Se vais para Itália e jogas como em Inglaterra, não ganhas. Se vais para Inglaterra e jogas como se faz em Espanha, não ganhas. Se vens para Espanha e jogas como em Itália, não ganhas. Chegas a um País do qual nada conheces e tens que vencer. Deves estudar adversários, culturas, idiossincrasias, a cultura do teu próprio clube e as características dos teus jogadores»

O que faz o sucesso: «talento é fundamental, mas a emoção, a ambição e o coração não são menos importantes»

Melhorias: «A grande maioria dos meus jogadores são melhores que eram antes de trabalhar comigo»

Liderança: «O exercício de liderar é difícil. Tens que estimular e deves ter duas caras»

A bicada em Guardiola: «O que não é normal é vender uma imagem de perfeição e depois, no final, nenhum é perfeito. Eu nunca vendi a imagem de perfeito. Nunca tentei esconder os meus defeitos. No futebol e na vida, ninguém é perfeito»

Os jovens e Mourinho: (respondendo à pergunta porque os jovens se sentem atraídos por ele) «Porque sou um jovem de 49 anos. Os miúdos sentem a minha força, o meu carácter, a minha ambição. Uma pessoa que transmite vontade de viver, que não é politicamente correcto. Uma pessoa que luta pelas liberdades. Estou-me marimbando que me dêem quatro partidas de suspensão se quero dizer uma coisa»

Deus: «Eu estou bem com Ele. E penso que Ele também está comigo».

Sem comentários:

Publicar um comentário