quarta-feira, 21 de julho de 2010

«Rubriquei, não assinei»

Confesso que estou preocupado com o Brasil. Sendo um país maravilhoso, muitas vezes ainda é muito pouco esclarecido.

Com a possibilidade de ter um Presidente, pouco carismático é certo, mas de eleição, de categoria mundial, as sondagens mostram que a popularidade de Lula é mais forte que a preparação de José Serra.

Dilma é uma mulher que nem tinha sonhado ser candidata e nestas coisas da política o afâ, a vontade de ser, é muito importante.

Dilma é fraquíssima. A prova é a entrega dos programas eleitorais, em que a candidata provou, e reconheceu, que nem leu o programa. «Rubriquei, não assinei».

Dilma é um produto guiado por especialistas de marketing, teleguiado diariamente consoante o valor das sondagens. Serra tem ideias próprias e a sua maneira de encarar a política.

Serra não liga à imagem, Dilma foi toda retocada para passar melhor. Serra precisa de vitórias expressivas em S. Paulo e Minas Gerais, mas nos palanques para Governador o PT apostou forte para contrariar Alckmin (o candidato do PSDB) e a força de Aécio que se retira para senador nos dois Estados.

E para quem quiser espreitar e ver a imitação brasileira do Will I. Am, de Obama, já há um rapaz o Dilmaboy, que agora parece que virou para Serraboy. Para mais desenvolvimento das coisas do Brasil pode espreitar aqui.

Sem comentários:

Publicar um comentário